Programa de Cooperação em EaD - Brasil/Moçambique

Curso de Administração Pública a Distância - ADMPUB.EaD.MZ

Contexto

O Programa UAB/Moçambique - Expansão da Educação Superior a Distância na República de Moçambique foi instituído pela Portaria Normativa do MEC de nº 22, de 26 de outubro de 2010, e implementado em sistema de cooperação entre as instituições moçambicanas e brasileiras participantes.

Os cursos de graduação do Programa em Moçambique são voltados para a qualificação dos professores de escolas públicas (Ensino Básico, Biologia, Matemática) e de gestores públicos (Administração Pública).

O Curso de Administração Pública, modalidade a distância (ADMPUB,EaD,MZ) é uma iniciativa de vanguarda da Universidade Eduardo Mondlane (UEM/MZ) e da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF/BR) com apoio dos Governos de Moçambique e do Brasil na formação de profissionais em Moçambique.

Curso

A concepção do Curso de Bacharelado / Licenciatura em Administração Pública está voltada para a formação de egressos capazes de atuar de forma eficiente e eficaz no contexto da gestão pública, à luz da ética, buscando contribuir para o alcance dos objetivos e desenvolvimento das organizações governamentais e não governamentais, de forma a possibilitá-las atender às necessidades e ao desenvolvimento da sociedade.

Para tal, o curso contempla sólida formação em Ciências Sociais, nas teorias administrativas e enfatiza o desenvolvimento de competências necessárias ao bom desempenho profissional do gestor público, além de formação generalista, permitindo assim, definir um perfil de Administrador moderno, capacitado a planejar, organizar, dirigir e controlar as ações e as políticas públicas nas diversas esferas de poder e de governo.

Neste sentido, o projeto pedagógico do curso procura valorizar a formação de atitudes reflexivas, de busca por inovações, de prospecção e criação de caminhos próprios, que possam suprir as necessidades da gestão pública e permitir a atuação nos processos operacionais e decisórios sob a égide do conhecimento, da ética, da cidadania e responsabilidade sócio-ambiental.

Objetivo Geral

Formar profissionais com amplo conhecimento em Administração Pública, capazes de atuarem no âmbito de todas as esferas de governo, bem como administrando com competência as organizações governamentais e não-governamentais, de modo proativo, democrático e ético, tendo em vista as transformações e o desenvolvimento da sociedade e do país.

Objetivos Específicos

Os objetivos específicos do curso são:

  • Oportunizar a conscientização do estudante para agir dentro de princípios éticos, morais, legais e cívicos, promovendo o ser humano como força de trabalho e capital intelectual.
  • Propiciar formação integral do egresso de tal forma a permitir-lhe pesquisar, estudar, analisar, interpretar, planejar, implantar, coordenar e controlar ações no campo da administração, fazendo vigorar a legislação profissional e normas éticas a que está sujeita a gestão.
  • Formar profissionais capazes de ampliar os níveis de competitividade organizacional frente ao dinamismo das transformações no âmbito interno e externo às organizações.
  • Capacitar o estudante para enfrentar os desafios e as peculiaridades locais e regionais e do próprio mercado de trabalho, considerando a função social que deve exercer, por meio de formação sólida que lhe dê um embasamento de cultura geral, complementado pela visão holística em sua dimensão humanística e técnica.
  • Preparar o estudante para atuar como gestor, envolvendo-se com decisões, estratégias e adversidades, buscando estabelecer vantagens competitivas no mercado globalizado, frente às mudanças impostas pelo ambiente.
  • Preparar lideranças para a administração pública, gerar novos empreendedores e capacitar pessoas já inserida na gestão pública.
  • Despertar no estudante o interesse de capacitar-se como gestor público empreendedor e técnico preparado para enfrentar as mais diferentes situações e necessidades da sociedade, com liderança, iniciativa e criatividade para interferir na realidade, antecipando-se aos fatos ou adequando-se às novas tendências.

Dados de Identificação do Curso

  • Nome do Curso:
    BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, UFJF
    LICENCIATURA EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, UEM
  • Coordenação
    Prof. Dr. Domingos do Rosário, completar (UEM/MZ)
    Prof. Dr. Marcos TanureSanabio (UFJF/BR)
  • Instituições:
    Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e Universidade Eduardo Mondlane (UEM)
  • Público-Alvo:
    Concluintes da 12ª Classe (Moçambique), selecionados por meio de processo seletivo de ingresso de responsabilidade da Universidade Eduardo Mondlane (UEM).
  • Número de Vagas:
    Serão ofertadas 90 (noventa) vagas - 1º oferta, distribuídas nos Polos de Beira/Sofala, Maputo/Maputo e Lichinga/Niassa.
  • Local do curso:
    Moçambique
  • Forma de Ingresso:
    Processo Seletivo realizado pela Universidade Eduardo Mondlane (UEM)
  • Duração do Curso:
    Mínimo de 8 e máximo de 12 semestres para integralização curricular.
  • Carga horária total:
    3.000 horas
  • Certificação:
    Dupla certificação pela UFJF e UEM

Curso de Licenciatura em Ensino Básico - LICENBASIN.EAD.MZ

Contexto

O curso de Ensino Básico, na modalidade a distância, foi instituído em Moçambique, em 2011, no âmbito do Acordo de Cooperação entre Moçambique e Brasil, na área da educação, subsidiada juridicamente pela Portaria Normativa do MEC nº 22, de 26 de outubro de 2010, que estabelece o Programa UAB/Moçambique - Expansão da Educação Superior a Distância na República de Moçambique. Neste programa estão envolvidas quatro universidades brasileiras e duas universidades moçambicanas, com o objetivo de formar professores para o Ensino Básico, Biologia, Matemática e técnicos em Administração Pública.

No Acordo de Cooperação, a Universidade Pedagógica de Moçambique (UP), em parceria com a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) são as responsáveis pela formação de professores para o Ensino Básico (EB). A UP, em parceria com a Universidade Federal Fluminense (UFF), se responsabilizam pelo Curso de Matemática e a UP e a Universidade Federal de Goiás (UFG), têm a responsabilidade partilhada com o Curso de Biologia. Os técnicos em Administração Pública são formados pela Universidade Eduardo Mondlane de Moçambique, em colaboração com a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), do Brasil.

Visão e Missão

A visão da UP é tornar-se um Centro de Excelência na área da educação e formação de professores e de professores de outras áreas.

A missão da UP é formar a nível superior, professores para todo o ensino (infantil primário, secundário, especial, técnico, pofissional e superior) e tecnicos para as áreas educacional e outras áreas afins (cultural, social, económica, desportiva, entre outras).

Curso

O curso do Ensino Básico, modalidade a distância teve início em Moçambique, em 2011, como culminar de uma relação entre os dois países, firmada pela portaria anteriormente mencionada e que se fortaleceu pela descoberta e conhecimento mútuo entre a UNIRIO e a UP. As duas universidades encontraram afinidades no seu compromisso de formar educadores das classes iniciais, competentes do ponto de vista psicopedagógico, didáctico-metodológico e técnico científico, aspectos relevantes para o ensino básico. As universidades encontraram similaridade na sua missão de contribuir para a emancipação dos seus povos, por meio de uma educação de qualidade, desde as classes iniciais. Encontraram equivalências em seus currículos, em mais de 70% de suas disciplinas e uma carga horária aceitável para as duas instituições. A UNIRIO e a UP, ao analisarem seus cursos de Pedagogia e Ensino Básico, depreenderam que, se por um lado as disciplinas tinham aspectos históricos e culturais comuns, por outro lado, tinham também pontos diferentes que, no âmbito do acordo de cooperação, ao serem compartilhados, se tornariam uma importante colaboração, complementaridade, aprendizagem mútua e, conseqüente crescimento.

O curso do Ensino Básico tem os seguintes objectivos:

  1. formar professores, formadores e técnicos de Educação para o Ensino Básico, com competências psico-pedagógicas, didáctico-metodológicas e técnico-científicas relevantes e transversais a todas as áreas do ensino básico;
  2. assegurar formação especializada nas áreas de aprendizagem, conhecimento e competências do Ensino Básico, nas áreas de Comunicação e Ciências Sociais, Matemática, Ciências Naturais, Actividades Práticas e Tecnológicas, formando o professor capaz de leccionar em, pelo menos, duas áreas de ensino básico.
  3. assegurar formação adicional em áreas afins, tais como, empreendedorismo, desenvolvimento social e comunitário, saúde pública, TICs, bilinguismo e jornalismo escolar, de modo a enriquecer a competência didáctico-metodológica do professor com competência social e interventiva, fazendo com que o professor tenha, também, uma participação activa fora do contexto da sala de aula, de modo a contribuir para o desenvolvimento social e comunitário.
  4. Transmitir valores e princípios democráticos tais como, o espírito patriótico, solidariedade social, paz, tolerância, responsabilidade social, respeito pelos outros, pelos bem comuns e Direitos Humanos.

Designação da Licenciatura

O presente curso adopta a designação de Licenciatura em Ensino Básico, com habilitação em Educação de Infância.

Dados de identificação do curso

  • Nome do Curso:
    Licenciatura em Pedagogia - UNIRIO
    Licenciatura em Ensino Básico - UP
  • Coordenação
    Orlando Daniel Chemane - UP
    Antónia Barbosa Pincano - UNIRIO
  • Instituições:
    Universidade Pedagógica - UP
    Universidade Federal do Rio de Janeiro - UNIRIO
  • Público-Alvo:
    Candidatos que tenham concluído a 12ª classe ou equivalente, preferencialmente os professores primários, da rede nacional do Sistema de Educação em Moçambique.
  • Número de Vagas:
    Foram ofertadas 60 (sessenta) vagas para os polos de Maputo, Beira e Lichinga.
  • Local do curso:
    Moçambique
  • Forma de Ingresso:
    Processo Seletivo realizado pela Universidade Pedagógica (UP)
  • Duração do Curso:
    Mínimo de 8 (oito) e máximo de 10 (dez) semestres.
  • Carga horária total:
    3.435 horas
  • Certificação:
    Dupla certificação pela UNIRIO e UP

Curso de Licenciatura em Ensino de Biologia - LICBIO.EADMZ

Contexto

O Programa UAB/Moçambique - Expansão da Educação Superior a Distância na República de Moçambique foi instituído pela Portaria Normativa do MEC de nº 22, de 26 de outubro de 2010, e implementado em sistema de cooperação entre as instituições moçambicanas e brasileiras participantes.

Os cursos de graduação do Programa em Moçambique são voltados para a qualificação dos professores de escolas públicas (Ensino Básico, Biologia, Matemática) e de gestores públicos (Administração Pública).

O Curso de Licenciatura em Ensino de Biologia, Modalidade a distância é uma parceria promissora da Universidade Pedagógica (UP/MZ) e da Universidade Federal de Goiás (UFG/BR) com apoio dos Governos de Moçambique e do Brasil na formação de professores em Moçambique.

Curso

O Curso de Licenciatura em Ensino de Biologia na Modalidade a Distância surge em consonância com a demanda actual da sociedade e fundamenta-se nas actuais exigências colocadas pela politica educacional, expressas nos parâmetros curriculares nacionais para o ensino e nas diretrizes curriculares para o Curso de Licenciatura em ensino de Biologia que rege na Universidade Pedagógica. Este projecto insere-se dentro de uma proposta maior de formação de professores, resultado da acção conjunta da Universidade Pedagógica em Moçambique e Universidades Federal de Goiás no Brasil. A missão da UP encontra-se definida nos artigos 1, 2, da Lei nº 6/92 de 6 de Maio (Cf. Estatutos da UP, aprovados em 25 de Abril de 1995). Sua missão é estabelecer a Democracia e respeito pelos direitos humanos, igualdade e não discriminação, valorização dos ideais de pátria, ciência e humanidade, liberdade de criação cultural, artística, científica e tecnológica, participação no desenvolvimento económico, científico, social e cultural do país, da região e do mundo. A Universidade Federal de Goiás tem como missão gerar, sistematizar e socializar o conhecimento e o saber, formando profissionais e indivíduos capazes de promover a transformação e o desenvolvimento da sociedade.

Objetivo Geral

Este curso tem como objectivo fundamental formar professores e quadros da educação que possuam alto nível de competência e qualidade científica, técnica, pedagógica, e profissional e que sejam capazes de exercer uma cidadania activa e responsável, na defesa da dignidade e respeito pelos direitos humanos, na promoção do bem de todos, sem discriminação e na construção de uma sociedade mais livre, justa e democrática.

Objetivos Específicos

Os objetivos específicos do curso são:

  • Formar professores de Biologia com nível superior e com conhecimentos científicos teóricos e prático-laboratoriais profundos relacionados com a Biologia e áreas afins, assim como com o ensino e aprendizagem de Biologia.
  • Capacitar profissionais capazes de leccionar, participar em diversas actividades biológicas lectivas ou não. Esses profissionais devem igualmente ser capazes de trabalhar na administração em instituições moçambicanas do ensino ao nível secundário e médio gerais e técnico-profissional. Trata-se de técnicos do ensino superior capazes de liderar programas e equipes de pesquisa científica biológica e educacional.
  • Formar professores de Química (Habilitação em Ensino de Química, "Minor") que, na actual concepção do currículo escolar Moçambicano, tenham conhecimentos científicos teóricos e práticos relacionados com esta área do saber e com o seu ensino e aprendizagem e que sejam capazes de leccionar o nível de Ensino Secundário Geral (I° Ciclo).
  • Formar profissionais dotados de atitudes, comportamentos e ética biológica que lhe garantam o respeito pela pessoa humana e pela natureza.

Dados de Identificação do Curso

  • Nome do Curso:
    LICENCIATURA EM ENSINO DE BIOLOGIA, UP
    LICENCIATURA EM ENSINO DE BIOLOGIA, UFG
  • Coordenação
    Prof. Ms. Ana Romão Wamir da Conceição (UP/MZ)
    Prof. Ms. Welinton Ribamar Lopes (UFG/BR)
  • Instituições:
    Universidade Federal de Goiás (UFG) e Universidade Pedagógica (UP)
  • Público-Alvo:
    O acesso ao curso de Licenciatura em Ensino da Biologia será de acordo com critérios estabelecidos pela Universidade Pedagógica. O candidato deve, no entanto, possuir o nível mínimo de 12ª classe ou equivalente e aprovar nos exames de admissão das disciplinas de Biologia e de Química, selecionados por meio de processo seletivo de ingresso de responsabilidade da Universidade Pedagógica (UP).
  • Número de Vagas:
    Serão ofertadas 180 (cento e oitenta) vagas - 1º oferta, distribuídas nos Polos de Beira/Sofala, Maputo/Maputo e Lichinga/Niassa.
  • Local do curso:
    Moçambique
  • Forma de Ingresso:
    Processo Seletivo realizado pela Universidade Pedagógica (UP)
  • Duração do Curso:
    O curso tem a duração mínima de 10 semestres (cinco anos) e máxima de 12 semestres para integralização curricular.
  • Carga horária total:
    5.875 horas equivalendo a 235 créditos (Sistema Nacional de Acumulação e Transferência de Créditos Académicos - SNATCA).
  • Certificação:
    Dupla certificação pela UFG e UP

Em Breve.

Página de Casamento Dicas sobre casamento Convites para Casamento Pesca no Araguaia